domingo, 19 de outubro de 2014

Procurando apartamento em Madrid

Das coisas que eu mais gosto e mais odeio fazer na vida: procurar apartamento!

Em 6 anos de Campinas morei em 6 apartamentos diferentes… mobiliado, com amiga, de volta com os pais, sem mobília, mais barato com o Dan e depois com mais espaço com o Dan e a Stelinha… ufa!

Quando encontramos o último apartamento, com mais espaço, achamos que era grande demais, mas não tinha melhor nem mais barato! Optamos por esse e o apê era perfect! Espaço para todos, para os amigos, para as pizzas, pra dar estrela na sala. Eu prometi a mim mesma que só sairia daquele apê se fosse pro meu próprio ou se minha vida mudasse radicalmente.

Eis que a vida mudou radicalmente!

Vendi todos os meus móveis, doei mais de 2/3 das minhas roupas… levei pra Madrid duas malas, dois violões, um Danilo, um baixo do Danilo e um gato. Aprendi a praticar o desapego e que era possível encontrar apartamento mobiliado em Madrid! Ai que bom!

Primeiramente fiquei em apartamentos temporários, até encontrar o nosso definitivo. Não é nada difícil e as opções podem ser muito boas ou muito furadas, assim como um hotel!

Pra quem procura apartamento temporário em Madrid, tem uns sites muito legais que são:

Eu visitei váaarios antes de encontrar algo que cabia, por questões de preço ou de proximidade do trabalho. SEMPRE visite antes, porque muitos apartamentos temporários tem fotos lindíssimas, mas que são dos “modelos” – logo tem alguns buraquinhos em que você pode se enfiar.

Mas daí vem o dilema: onde ficar?

Como sempre meu intuito é “profissionalizar” um pouco as informações, eu sempre digo: escolha um piso com facilidade pra ir ao seu trabalho… “Aah Camila, mas o centro de Madrid é tão legaaaal!” – éee, eu sei, mas é mais caro e com mais chance de ser um apto velho e mofadinho…
Anyway, regra pra buscar apto temporário em Madrid: Se possível visite antes de fechar o negócio! Preço médio de um apto legal: 50-80 Euros por dia com  tudo incluído (internet, limpeza, energia etc).

E para viver por mais tempo?

Aqui em Madrid as regras de aluguel não são muito diferentes do Brasil:
  • Geralmente o contrato mínimo é de um ano.
  • Se sair antes paga um mês de aluguel extra.
  • Aqui o inquilino paga o mês de agência – o que eu acho um absurdo…
  • E não se pede um fiador, mas pedem um ou dois meses de fiança - isso ajuda muito.



Eu que sou adepta dos sites de busca, e adoro procurar via Idealista

O site é muito bom, bem montado, com mapas, fotos, contatos, opção para favoritar ou descartar etc e tal, além de ter contatos de profissionais ou de particulares. Mas daí tem também a opção de ir diretamente numa mobiliária ou sair pelas áreas preferidas anotando os telefones pra ligar.

É difícil dizer qual é o preço médio do aluguel em Madrid. Depende muito da área, do tipo de apartamento e dos arredores. Diremos que eu moro em um apto de dois quartos, num bairro “Latino”, perto do metrô e do meu trabalho, e pago em torno de 700 euros de aluguel (incluindo condomínio).

“Ah, mas que caro!! No Brasil isso seriam 2100 reais!!” Meu filho ou minha filha… não adianta converter! Aqui as pessoas ganham em Euro, e eu juro que o custo de vida de Madrid é menor do que o de São Paulo, infinitamente.

Coisas que ninguém te conta:

A calefação:

A primeira vez que entrei no meu apto atual, fiquei tão maravilhada com tudo, que não vi que tipo de calefação tinha! E aí foi minha cagada número 1. A calefação da minha casa é elétrica, e a eletricidade custa una pasta, em torno de 200 Euros por mês no inverno... No melhor dos mundos a sua calefação tem que ser a gás, que é mais econômica, custa uns 70 Euros por mês no inverno, ou central – mas daí você pode assar ou congelar, dependendo da idade e da boa bontade dos seus vizinhos. Dica da semana: se só tiver velhinhos no prédio você vai assar…

As janelas:

Busque por algo assim!
 A Stela e o Dan adoram a luz do Sol. Então escolhemos um apto cheinhos de janelas e bem iluminado. Também não verifiquei a qualidade das janelas, e essa foi minha cagada número 2. As janelas de alumínio são mais simples e incapazes de segurar o calor, ou isolar o barulho da rua. O ideal são as janelas duplas ou janelas com vedação tipo Climalit. Agora somando a equação das cagadas temos: calefação cara + incapacidade de retenção do calor gerado = você se ferrou!!

Arredores:

Aqui é muito, mas muito normal, ter parquinhos pelos bairros. E nos parquinhos estão as criancinhas gritando e os adultinhos tomando cerveja e cantando alto. É pior do que churrasco com jogo de truco… No verão tudo isso acontece a 1h00 da madruga, portanto cuidado com a escolha da visão da sua janela do quarto. Adivinha o que tem bem debaixo do meu quarto? Sim, um parque desses... Cagada número 3.

Água:

Pagar água ou não depende do dono do apto. Eu não pago água aqui, mas geralmente precisa pagar. Não custa mais do quer 30 euros a cada dois meses, para uma casa duas pessoas.

Água quente:

Aqui tem água quente em todas as torneiras, inclusive na cozinha. Na sua casa pode ter água caliente central – na qual o proprietário paga (uhú) ou o seu calentador de água pode ser elétrico ou a gás. A melhor opção mais uma vez é a gás – pois esquenta a água enquanto se está usando. O elétrico tem uma capacidade X, e mantém um calor X – dá pra regular, mas é óbvio que se usar demais a água acaba e precisa esperar mais ou menos 1 hora pra usar água quente de novo. Adivinha qual tem aqui em casa?? Elétrica, claro – é caro e acaba!! Cagada número 4.

Mobília:

Aqui é muito fácil alugar uma casa mobiliada, e sinceramente eu não vejo muita diferença de preço! Mas é sempre bom dar uma revisada na mobília, pois o apto pode ser “o local onde estão os móveis da família que ninguém mais quer em casa”. Nesse quesito eu tive muita sorte (finalmente) – só troquei o sofá pois estava cheirando a cigarro, e sabia que a Stela faria sua arte de arranhação no tecido.  

De qualquer maneira, se tiver que comprar móveis, viva a Ikea! O bom é uma casa com a cozinha amueblada – já vem geralmente com fogão, geladeira e máquina de lavar roupas, que sim, fica na cozinha! Essa é uma das coisas que eu mais sofro e acho meio nojento – aqui é muito difícil encontrar um apto com “office” – que é o equivalente a uma área de serviço “seca” (sem tanque). E geralmente o varal fica “pra fora” ou é compartilhado com os vizinhos…

Orientação:

Eu sempre digo que Madrid é mais quente do que fria… o inverno é mais frio do que em certas regiões do Brasil, mas o verão é INSUPORTÁVEL! Aqui os donos sempre colocam a orientação do apto, que é pra saber onde o Sol bate. Se for Leste ou Norte significa que vai bater sol durante a manhã ou não vai ter Sol direto. Se for Oeste, vai bater Sol durante a tarde. Mas se for Sul FUJA do local – vai ter Sol o dia inteiro e você vai assar. Se não tiver jeito, veja se tem ar condicionado – você vai precisar…

Bairro:

Isso já é muito pessoal. Eu trabalho perto do final da Linha 5 e prefiro viver aqui perto. Leva uns 20 minutos pra chegar no centro e 10 pra chegar no aeroporto – o que pra mim é perfeito. Pra chegar no trampo eu não levo mais do que 10 minutos de metrô ou 30 minutos andando… e dormir 30 minutos a mais é amor>3.

Por aí tava bom...


Porém meu bairro (Quintana/Pueblo Nuevo) é conhecido como o bairro dos “Latinos” como comentei acima, e algumas pessoas não gostam daqui. Eu sinceramente gosto bastante porque já acostumei com o comércio e com os serviços dos arredores. Queria MUITO viver no centro, mas, como também comentado,  é mais caro e eu não sei se aguentaria ficar entre turistas o tempo todo. Se eu tivesse grana, moraria em Salamanca perto de Nuñez de Balboa. Pra mim é o bairro mais lindo de Madrid… Tem também os novos bairros que ficam mais “pra fora” da cidade, tem uns apartamentos em condomínios com piscina e etc. Mas isso significa depender do carro pra se locomover, e eu ainda não quero voltar a ter essa vida.

Espero que as dicas ajudem um futuro morador Madrileño, eu com certeza aprendi!

E boa sorte na nossa busca, porque olhaaa… agora a gente tá MUITO CHATO! hehehe


2 comentários:

  1. Boas dicas! Vou prestar atenção quando for alugar meu apto! :)

    ResponderExcluir
  2. Boas dicas! Vou prestar atenção quando for alugar meu apto! :)

    ResponderExcluir