domingo, 18 de junho de 2017

Meu roteiro para conhecer (e viver) Madrid!

Depois de quase 4 anos na capital espanhola, está mais do que na hora de deixar registrado um bom roteiro para os meus visitantes! Sempre faço questão de ajudar na organização das viagens, e percebi que acabo tendo “o mesmo trabalho” sempre. Assim que, mãos a obra e vamos deixar um texto feitinho no blog!

Começando... pelo começo!

Tem quem diga que Madrid se conhece em 1, 2, 3 dias ou 100... Madrid é feita para passear sim, mas também comer e beber, sem repetir de local, sem exagero! Depois de mais de 1400 dias aqui, ainda me surpreendo com o que ainda não conheci desta cidade!

Assim que, quando alguém me diz que vai passar por Madrid, eu digo pra essa pessoa passar umas 4 noites, como mínimo! E se for mais dias, dar uma chegadinha até Toledo, Segóvia e/ou Ávila. Mas vamos lá!

1. Dia da chegada


Por mais que a pessoa chegue “cedo”, eu não aconselho fazer muita coisa no primeiro dia. Digo pra tomar um banho, dar uma descansada e sair pra jantar – não muito tarde. Minhas opções no primeiro dia é ir a um local espanhol legal, estilo o J5, ou no Hard Rock Cafe que é delícia!

2. Primeiro dia


Começo sempre pelo centro de Madrid, de preferencia pela Puerta del Sol, e geralmente acompanho! Depois de fazer um par de visitas guiadas, já virei uma “mini-guia” de Madrid. Se eu não puder acompanhar, geralmente indico um Free Walking Tour para quem fala inglês ou espanhol, ou azamiga que fazem tour guiado em Português.

Meu roteiro básico no centro é:
  • Puerta del Sol
  • Ópera
  • Jardim do Oriente
  • Palácio Real
  • Catedral de Almudena
  • Paradinha pra comer no Mercado de San Miguel
  • Plaza Mayor
  • Calle Mayor
  • Plaza de Jacinto Benavente
  • Callao
  • FNAC/Corte Inglés
  • Gran Via
Puerta del Sol

Palácio Real

Mercado de San Miguel - o mais querido dos visitantes!


Plaza Mayor

No final deste dia já está todo mundo destroçado, então eu sempre vou jantar onde não fomos na noite anterior (J5 ou Hard Rock)

3. Segundo dia


Neste dia geralmente a pessoa já está mais ambientada, então eu indico como pegar o metro e se divertir! Pra esse dia deixo coisas que ficam meio distantes deste centro mais turístico, mas que são maravilhosas. Almoçar em Madrid é muito fácil, seja para picar algo ou para sentar e comer. O negócio é procurar algo que te apetece, e na dúvida, entrar no VIPS mesmo!

Meu roteiro pro segundo dia é:
  • Puerta de Alcalá
  • Parque del Buen Retiro
  • Lago artificial do Retiro
  • Palácio de Cristal
  • Estátua do Anjo Caído
  • Cibeles / Palácio de Cibeles
  • Paseo del Prado (e Museu do Prado se quiser)
  • Estación de Atocha, com seus jardins tropicais internos
  • Huertas/Barrio de las Letras
  • Plaza de Santa Ana
Parque del Retiro

Cibeles

Plaza Santa Ana

Adoro jantar nessa região de Madrid, e sempre indico ir na Vinoteca ou no Lateral.

4. Terceiro dia


Para sair um pouco do conceito histórico, e mostrar que Madrid também é muito modernosa (!!), no terceiro dia eu indico começar pelo região da Castellana. Ir até a estação de Begoña, onde estão as Quatro Torres, depois vai descendo até a Plaza de Castilla onde estão as Torres Kio.

Quatro Torres

Depois de ficar com torcicolo andando e olhando pra cima, é a hora do Tour do Santiago Bernabéu! Até que não gosta de futebol fica encantando com aquilo tudo! 

Se ainda tiver com vontade de bater perna, eu indico ir até a Calle Fuencarral e visitar aquele shopping a céu aberto! E pra comer, é imperdível passar pelo Mercado de San Ildefonso – meu mercado preferido de Madrid.

Para fechar com a sobremesa, passar na Mistura!

Para jantar, eu gosto muito de um restaurante chamado Txirimiri, que fica bem próximo do Templo de Debod. Aproveitem o por-do-Sol ou as luzes que ficam acessas só até as 22h30.


5. Quarto dia


Se for o último dia eu indico passar pela Plaza de Toros – sim! É muito bonita e parte da cultura do espanhóis. Não precisa ver uma Corrida de Toros (ou Tourada como conhecemos), mas o tour é bem legal e interessante!

Plaza de Toros de las Ventas

Além disso, deixo livre este dia para compras e para repetir algo que gostou muito nos dias anteriores. Alguns voltam ao J5, ou ao Retiro... mas TODOS decidem voltar ao Mercado de San Miguel - SEMPRE.

6. Dias extras


Se for pra ficar mais dias em Madrid, e ainda tiver um domingo no meio, eu indico ir ao Rastro e almoçar em La Latina.

Para os malucos por compra, indico também os Outlets em San Sebastián de los Reyes e Las Rosas, como já comentei no BLPM. Isso pode levar um dia em cada!
Além dos já comentados Toledo, Segóvia e Ávila – um dia para cada!

De qualquer maneira, Madrid ainda tem muitos bares, muitos restaurantes e muitas ruas  escondidas para conhecer e disfrutar!

Meu roteiro é de passeio, mas também bem gastronômico. Não gosto muito de museus, então eu não incluo na lista. Mas muita gente gosta e deve sim ir! Minhas compis do BLPM também tem seus roteiros próprios:





De qualquer maneira, fico muito orgulhosa por colocar “Madrid no mapa” de muita gente que nem pensava em passar por aqui, e ainda mais quando pessoas queridas dizem que adorariam voltar outra vez!

Madrid é preciosa e segue sendo uma das minhas cidades favoritas do mundo – venham me ver e eu prometo que será uma das favoritas de vocês também!

Garantia de gente feliz!




2 comentários: